Benefícios da Sucupira para Artrite e Artrose

Os Benefícios da Sucupira, uma árvore que faz parte da vegetação do cerrado brasileiro. Todas as partes da planta são utilizadas na medicina popular, desde a raiz até as folhas, sob a forma de infusão ou decocção.

Benefícios da Sucupira

O nome científico da sucupira branca é Pterodon pubescens e o nome da sucupira preta Bowdichia major Mart. As suas sementes in natura podem ser compradas em alguns mercados e supermercados. Enquanto que a sucupira em cápsulas pode ser encontrada em lojas de produtos naturais ou farmácias de manipulação, por exemplo.

Benefícios da sucupira em estudos

Um estudo experimental desenvolvido por pesquisadores da Faculdade de Farmácia, da Universidade Federal de Goiás em Goiânia, demonstrou cientificamente que os efeitos decorrentes do uso da Sucupira podem significar o isolamento de novos compostos para o tratamento da artrose e outras doenças inflamatórias crônicas e autoimunes. 

Pesquisadores do Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), revelam que a sucupira tem efeitos positivos no tratamento de inflamações e dores em geral. De acordo com esses estudos, a semente possui substâncias que agem diretamente na inibição de dores, inflamações e alguns tipos de câncer.

Ação analgésica: Estudos realizados em camundongos apontam que o extrato de sucupira pode ter efeitos analgésicos. Segundo uma pesquisa publicada na Revista Brasileira de Plantas Medicinais, os mecanismos dos efeitos analgésicos permanecem desconhecidos. Porém pode-se induzir que a presença dos flavonoides diminui a produção de prostaglandinas responsáveis pela dor.

Diminui a inflamação muscular: Há muito tempo esta espécie vegetal vem sendo frequentemente utilizada pela medicina popular para tratamento de artrite, gota e doenças músculo esqueléticas. Estudos mostram que o extrato de sucupira pode diminuir a inflamação muscular, induzida por processos oxidativos como a artrite. Contudo, os estudos publicados não são realizados em humanos. Então, não podemos afirmar que essa ação não teria efeitos deletérios também ao organismo de quem faz uso deste fruto.

Como usar a sucupira

A sucupira pode ser encontrada em forma de chá, cápsulas, extrato e óleo. E pode ser usada da seguinte forma:

  • Chá de sementes de sucupira: Lave 4 sementes de sucupira e quebre-as utilizando um martelo de cozinha. Depois ferva as sementes quebradas juntamente com 1 litro de água por 10 minutos, coe e beba ao longo do dia.
  • Sucupira em cápsulas: tomar de 2 cápsulas ao dia para um melhor efeito. Saiba quando o uso das cápsulas é mais indicado.
  • Óleo de sucupira: Tomar de 3 a 5 gotas por dia comer com alimentos, 1 gota diretamente na boca, até 5 vezes por dia;
  • Extrato de semente de sucupira: tomar de 0,5 a 2 ml por dia;
  • Tintura de sucupira: tomar 20 gotas, 3 vezes ao dia.

Se optar por fazer o chá, deve utilizar uma panela apenas para esse efeito. Porque o óleo liberado pelas sementes da planta fica grudado nas paredes da panela, sendo difícil de eliminar completamente.

Compartilhe a informação
Nutrição DF
Nutrição DF

Nutrição, nutrologia e performance física em Brasília / DF. Atendimento em clínica com bioimpedância de última geração, testes genéticos de alergia e intolerância e avaliação física completa. Equipe especializada, com preparador físico experiente, endocrinologistas, nutrologia, ortopedista e nutricionista esportivo.

No Comments

Escreva uma Mensagem ou Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *